Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Romanos’ Category

“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto”  (Romanos 8.28)

No último dia 06, tive a oportunidade de participar da festa de lançamento da campanha “Outubro Rosa”, movimento de caráter internacional, e que visa a alertar a população para o câncer de mama, riscos e prevenção.

Na ocasião esteve presente entre outras personalidades, a escritora MIRELA JANOTTI,  publicitária que tendo sido acometida por câncer de mama, é uma vencedora, e relatou as suas experiências num livro muito bem humorado, corajoso e agradável, que revela uma mulher moderna,  cosmopolita, inteligente e muito humana.  Uma mulher lindíssima e como demonstrou, não apenas por fora.

Entre os relatos e desabafos,  Mirela se mostrou uma mulher de fé, e com uma sabedoria que é dom que Deus nos concede, colocou em prática  o versículo acima, transformando com a sua fé e confiança, em realidade concreta o conteúdo da mensagem do Apóstolo Paulo.

Em vários trechos de seu livro  “FORÇA NA PERUCA”,  Mirela nos dá uma dimensão da sua fé, como quando ouviu de seu oncologista: ‘o sucesso de seu tratamento depende 30% da quimio (terapia), 30% de Deus e 40% de você’.  E antes de iniciar o tratamento reflexionou :  “Porque apesar de a minha responsabilidade ser maior do que a DELE,  doutor, o poder de Deus é milhões de vezes maior do que o meu.”

E também nos seus agradecimentos, diz:  “Agradeço a Deus, Pai Todo Poderoso, criador do céu e da Terra, por ainda me manter viva nesta planeta que gosto tanto ao lado de pessoas tão especiais como as que citei acima.”

Percebo que os esforços envidados por todos os envolvidos têm produzido frutos e por certo as informações veiculadas por toda a mídia envolvida está alcançando os  objetivos, as metas propostas para o movimento.

Lí ontem o post escrito e publicado pela Tiffany, no Blogdati (http://blogdati.com) em que estão insertas informações exatas e completas sobre o atendimento médico na rede pública e outros direitos. Vale a pena conferir.

De resto, cabe-nos orar para que a ciência médica evolua cada vez mais,  nas pesquisas e melhoramento dos procedimentos que tragam a cura para os males do câncer e que a conscientização de toda a população conduza à prevenção e salvem-se vidas.

Outubro termina, mas o compromisso permanece.

Senhor,  olha com misericórdia para o teu povo que sofre, cura as feridas da alma, sara as enfermidades, restaura as vidas, renova as forças, regenera os perdidos, revigora os enfraquecidos, salva-nos. Peço-te, em nome de Jesus . Amém.

Read Full Post »

“Até que todos cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, o varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo”  Efésios 4.13

O  Relacionamento com o próximo.

1.  Os misericordiosos  – A misericórdia é compaixão e socorro para uma pessoa que não tem a mínima possibilidade de ajudar a si mesmo.   Uma grande ilustração  dessa verdade se acha na Parábola do Bom Samaritano, que “usou de misericórdia” para com o viajante que foi assaltado no caminho de Jerusalém a Jericó é abandonado semi-morto (Lucas 10.25-37).    Há tantas pessoas abandonadas pela sociedade e muitas vezes, pela própria igreja que necessitam de um ato de misericórdia da nossa parte. Muitas pessoas preferem isolar-se da situação dolorosa da humanidade.   A versão,em linguagem atualizada do texto bíblico é muito apropriada:    “Felizes os que têm misericórdia dos outros  –  Deus terá misericórdia deles também” . Não se esqueçam que aqueles que demonstram misericórdia encontrarão misericórdia.

2.  Os limpos de coração  – Este foi o desejo de Davi: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro” (Salmos 51.10). O coração limpo é a coração sincero. Como há uma grande necessidade de  o crente ser sincero, livre de falsidade no seu relacionamento com outros! Como diz   Stott:  “Como são poucos os que, dentre nós, vivem uma vida aberta!  Somos tentados a usar uma máscara diferente, de acordo com a realidade, mas representação, que é a essência da hipocrisia”.  E são tais pessoas que verão a Deus, tanto como no futuro, quando chegarmos na presença do Senhor, face a face! Esta á a bem-aventurança do crente que “não entrega a sua alma à falsidade!”

3. Os pacificadores. Há uma grande necessidade hoje de pacificadores – na indústria entre empregador e empregado;  na  igreja,   entre  um membro e outro (Filipenses 4.2)! A coisa mais fácil é criar caso, incentivar atritos.  É preciso da nossa parte um grande esforço, como Paulo nos mandou:  “esforçando-nos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz”  (Efésios 4.3).    Cada cristão tem de ser um pacificador, mas isso só é possível quando gozamos paz com Deus, a fonte de toda paz.  Somos chamados a  “seguir a paz com todos” (Hebreus 12.14) e, se depender de nós,  “ter paz com todos os homens” (Romanos 12.18).

A grande bêncão de lutar pela reconciliação de duas pessoas ( ou dois grupos) que estão em divergência é ser  “chamados filhos de Deus”.

4. Os perseguidos por causa da justiça. O Senhor nunca disse que seria fácil ser crente.  O preço pode ser bem alto. A vida cristã é difícil quando vivemos de acordo com a Palavra de Deus. Pode haver perseguição física por causa da nossa fé, mas muitas vezes a perseguição é muito mais  sutil, sejam calúnias que temos de sofrer, ou a perda de amigos porque somos crentes.   Até hoje, em vários países, ser crente é sofrer expulsão de casa, ou mesmo morrer como mártir.   “A condição de ser desprezado ou rejeitado, injuriado e perseguido é sinal do discipulado cristão, da mesma forma que um coração  puro ou misericordioso”.  Não há dúvida que a perseguição é simplesmente o conflito entre dois sistemas de valores irreconciliáveis.

Todos os crentes devem demonstrar todas as características detalhadas aqui. Crentes não tem a liberdade de escolher alguma área especial e negligenciar outra, mas são chamadas a crescer em todos os aspectos ( Efésios 4.15). “Tal inversão dos valores humanos é básica na religião bíblica. Os métodos do Deus das Escrituras parecem uma confusão para os homens, pois exaltam o humilde e humilham o orgulhoso; chamam de primeiros os últimos, e de últimos, os primeiros…  Resumindo, Jesus parabeniza aqueles que o mundo mais despreza, e chama de  “bem-aventurados” aqueles que o mundo rejeita”

Não se iludam aqueles que pensam poder  fingir, Deus não se deixa  enganar. E Ele requer a nossa sinceridade.

Senhor, grande é o desafio de vencer o nosso eu, egoísta, pecaminoso e nos tornarmos altruístas, santos,  por isso, precisamos manter os olhos postos no nosso modelo, Teu Filho, nosso Salvador, Jesus Cristo, em nome de quem oramos. Amém.

Read Full Post »

“No princípio criou Deus os céus e a terra.   E a terra era vã e vazia, e havia escuridão sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.   E disse Deus: Seja luz! E foi luz.  E viu Deus que a luz era boa,  e separou  Deus entre a luz e a escuridão.  E chamou Deus à luz, dia, e à escuridão noite: e foi tarde e foi manhã, dia um.”            (Genesis, 1.1-5)

Os primeiros capítulos do Gênesis narram os primórdios da Criação.

O fato de ter criado Deus um homem só, formado do pó da terra, ensina que não deve existir orgulho,desigualdade de origem, linhagem e casta entre os homens;   ninguém pode chamar ao seu semelhante de estrangeiro, pois pertence como ele, à mesma terra.

“A humanidade foi criada com Adão, um único ser humano, para nos ensinar que todo aquele que destrói uma única vida humana é considerada, aos olhos do Criador, como se destruísse o mundo inteiro, e aquele que salva uma única vida humana, como se salvasse o mundo inteiro.  A raça humana começou com um único indivíduo, com o objetivo de preservar a paz entre os homens, para que ninguém possa afirmar que  ‘o meu antepassado é mais antigo que o teu’,  e para que o herege não possa alegar que existem muitos poderes celestiais.”

Em Estudos da Torá, Guarani de Oliveira, traz à reflexão Romanos 3, que diz:

“Somos acaso nós judeus  mais excelentes (indago), de maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus  como gregos, todos estão debaixo do pecado;

Como está  escrito: Não há um justo, nem um sequer.

Não há ninguém que entenda;  Não há ninguém que busque a Deus.  Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis.  Não há quem faça o bem, não há um só.  A sua garganta é um sepulcro aberto;  Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios;  cuja boca está cheia de maldição e amargura.   Os seus pés são ligeiros para derramar sangue.  Em seus caminhos há destruição e miséria;  E não conheceram os caminhos da paz.  Não há temor de Deus diante de seus olhos”

Porque nenhum homem é justo segundo este texto do apóstolo Paulo (indago).  Porque todos estão debaixo do pecado.

Após a queda do primeiro homem no Éden, seus descendentes naturais em todas as gerações naturais em todas as gerações estão alienados de Deus…

–  Ninguém nasce come entendimento;  a Palavra de Deus é que dá entendimento e discernimento espiritual;

–  Não há ninguém que busque a Deus;  para o homem ter um relacionamento com Deus a iniciativa só pode vir dEle mesmo.  É necessário antes ouvir a pregação da Palavra e depois invocá-Lo em qualquer  circunstâncias;

–  Não há quem faça o bem, se não houver uma mudança  da natureza;  Só o Espírito Santo pode nos mover a fazer o bem com ações que estejam fundamentadas na Torah;

–  Todos se extraviaram – não há comunhão na família ou na comunidade, e juntamente se fizeram inúteis: apenas a submissão a Deus motivada pelo Temor Santo é que pode levar o homem a servir de maneira útil aos propósitos  Divinos eternos com relação ao objetivo último na história humana, de fazer com que todas as famílias da terra sejam abençoadas  (Genesis 12:3)

–  A sua garganta é um sepulcro aberto: toda mensagem  que sai do coração humano através da boca do homem é mau e contamina os outros trazendo maldições,pois visa apenas os próprios interesses.

–  Não conheceram o caminho da paz:  a história humana é uma corrente contínua que vai desde  pequenos conflitos, até revoluções entre etnias dentro de uma nação e guerra entre nações.

–  O resultado de toda esta alienação de Deus é trágico:  derramamento  de sangue inocente, destruição e miséria e falta de paz!  Porque (indago)

Romanos 3:18  “Não hã temor de Deus diante de seus olhos”

A única esperança que nos resta é buscarmos a Deus, rendermo-nos e Ele e vivermos segundo o seu decreto.

Senhor! Contempla-nos com a tua misericórdia, para que não sejamos aniquilados. Dá-nos graça para mudarmos o nosso viver.  Rogamos-Te no nome do Senhor Yeshua HaMaschiach.  Amém.

Read Full Post »

“Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das  ofensas, segundo as riquezas da sua graça”. Efésios 1.7

Estamos envolvidos num conflito espiritual. Essa é a batalha entre as forças de Deus e as forças de Satanás.  Precisamos escolher o lado.

A Bíblia nos adverte sobre o sermos levados pelo mal do cosmo.   As mentiras de Satanás são astutamente misturadas com a verdade. Quando ele tentou a Cristo, ele foi convincentemente lógico e até citou as Escrituras. Assim a Bíblia propõe que os cristãos devem fazer uma distinção clara de todo o mal que existe no mundo, e separar-se dele.  O apóstolo Paulo disse:   “Pelo que saí do meio deles, e  apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei” (2 Coríntios 6. )

Agora, Jesus comeu com publicanos e pecadores (veja Marcos 2.16).   Quase todos com os quais ele se associava eram discriminados.  Mas seu relacionamento com eles não era puramente social:  era  redentor.

Nós, não podemos misturar nossos mundos nesse ponto.  É aqui que está a confusão. Deus não queria que nos misturassemos com o mundo, mas devemos testemunhar para o mundo.    Devemos amar os homens do mundo a quem Deus ama.  Devemos chorar com os que choram  (Romanos 12.15), sofrer com os que sofrem, e identificarmo-nos com os pobres, os doentes e os necessitados.

Então este é o nosso problema: associarmo-nos com aqueles que estão envolvidos com o mundo e amá-los sem sermos contaminados, influenciados ou desviados por eles. Essa distinção só pode ser alcançada com um caminhar muito perto de Cristo, pela oração constante e por buscar a direção do Espírito Santo a cada hora e a cada dia. Deus providenciou para nós o poder para resistirmos ao mundo e sermos separados dele, e devemos nos apropriar desse poder, a todo momento de nossas vidas.

Estamos no mundo, mas o mundo não deve estar em nós.  é bom para o navio estar no mar, mas é ruim quando o mar entra dentro do navio.  Como nosso Senhor  orou: “Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal”   ( João 17.15) .

Nosso Deus e Pai, oro para que me vigies constantemente. Protege-me das influências malignas do meu mundo. Ajuda-me a caminhar com Jesus e a ser conduzido, diariamente, pelo Espírito Santo no sentido de estar no mundo, mas nào ser dele.  Em nome de Jesus.  Amém.

Read Full Post »

“Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo.” Gálatas 6.14

A Bíblia revela que Deus tem um plano para toda vida e que, se nós vivermos num constante relacionamento com Deus,  Ele nos dirigirá e guiará à plenitude de seu plano.

Muitos de nós temos o plano de Deus como a segunda ou a terceira coisa melhor. Contudo, se você escolheu o bom em vez do melhor, não se desespere.  Onde quer que você esteja neste momento, entregue sua vida incondicionalmente para   Deus, e ele ainda pode fazer dela algo belo e em honra do seu nome.

Tenho em mente que a vontade de Deus é revelada apenas para os cristãos nascidos de novo.  A Bíblia diz:  “Transformai-vos … para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita  vontade de Deus”  (Romanos 12.2) Deus não revela seus planos através de advinhos, cartomantes e daqueles que trabalham com magia.   Sua vontade é reservada para aqueles que confiaram em Cristo para salvação.   Ele compartilha seus segredos apenas com aqueles que foram redimidos e transformados.

Você não pode conhecer a vontade de Deus para sua vida a menos que primeiro venha para a cruz e confesse que você é um pecador e receba Cristo como Senhor e Salvador. Se voC6e quiser o plano perfeito que eus tem para sua vida, terá de ir pelo caminho do Calvário para chegar a Ele.   É através de Cristo que podemos falar com Deus e conhecer seus planos para nossas vidas.

Nosso Deus e Pai, toma minha vida, resgata-a e transforma-a em algo belo que te glorifique e louve.  Trago minha vida destruída aos pés da cruz e deixo=a aí para ser reparada e renovada por Ti.  Abençoa-me, Pai, através do Teu Filho e meu Salvador Jesus, meu Senhor. Amém.

Read Full Post »

“Aquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele, fossemos feitos justiça de Deus.”                                                                                                                                                                     2 Coríntios, 5.21.

“Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.”                                                                                                                                                                                                                                            Romanos 8.1

A Bíblia diz que  o julgamento pelo pecado que eu merecia já passou.  Cristo levou meu julgamento na cruz. Cada exgência da lei foi cumprida.  A lei foi completamente satisfeita na oferta que Cristo fez de si mesmo pelos pecados:  “Mas o Senhor fez cair sobre Ele a iniquidade de todos nós” (Isaías 53.6); “Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro”(I Pedro 2.24);  “Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, está assentado para sempre à destra de Deus” (Hebreus 10.12).

A lei dizia: “O salário do pecado é a morte”(Romanos  6. 23) e “A alma que pecar, esse morrerá” (Ezequiel  18.4) Eu merevia julgamento e inferno, mas Cristo levou o julgamento e o inferno para mim. Ele mesmo diz: “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquEle que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida” ( João  5.24). Nenhuma declaração poderia ser mais clara do que a de que o verdadeiro crente em Jesus Cristo não passará pelo julgamento. Esse julgamento é passado.  “Lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados”(Isaías 38.17) Deus disse através de Jeremias, o Profeta:  “nunca mais me lembrarei dos seus pecados” (31-34)

Nunca entenderemos a extensão do amor de Deus em Cristo na cruz enquanto não entendermos que nunca estaremos diante de Deus pelos nossos pecados. Ele terminou a obra da redenção.  Eu não sou salva  através  de nenhuma obra ou mérito por mim mesma.  Mesmo os grandes pregadores, como Bill Graham que pregou para milhares de pessoas em cada continente, diz que não irá para o céu por causa da sua pregação. Nós iremos para o céu inteiramente pelo mérito da obra de Cristo.  Eu vou viver a minha vida para que nunca esteja diante de Deus para julgamento. Tudo isso será passado.

Muitas vezes olhando para  o céu, brusco, cinzento, quase negro, com as nuvens mais escuras e nos sentimos atemorizados pela tempestade que se aproxima e em seguida, percebemos que a tempestade  está se afastando de nós, já passou por nós.

Se somos crentes em Jesus Cristo, já atravessamos a tempestade do julgamento.  Ele aconteceu na cruz.

Nosso Deus e Pai, fico completamente humilhada ao pensar que Cristo morreu pormim, Envolvo tua graça e perdão no meu coração com lágrimas de gratidão.  Teu imenso amor é mais do que consigo compreender. Obrigado, Pai, pelo abençoado dom da vida eterna através de Jesus Cristo, meu Senhor. Amém.


Read Full Post »

“O’ profundidade das riquezas, tanto da sabedoria como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os teus juízos e quão inescrutáveis, os seus caminhos!” Romanos 11.33

Quando olhamos para o mundo no qual vivemos, existe muita confusão, perplexidades e mistérios que aparentemente não tem solução.  O homem, contudo, sempre esteve perplexo e confuso com as coisas que estão além de sua compreensão.

O homem primitivo, como o moderno, investigou os segredos do universo e olhou para o céu à noite, pasmado e maravilhado com o mistério do espaço negro  com  suas miríades de luzes inexplicáveis.

Foi o mistério da gravidade que desafiou Isaac Newton, em 1.685 a explorar a razão de os objetos mais pesados que o ar serem atraídos para o centro da terra.

Foi o mistério do relâmpago que inspirou Benjamin Franklin a amarrar uma chave na cauda de uma pipa durante um tempestade, para provar a igualdade do relâmpago com a eletricidade.

Foi o mistério do poder latente do átomo que desafiou Einstein,  Fermi e outros a testarem a energia latente na matéria. A energia atômica é agora uma palavra doméstica.

Alguns dos mistérios do passado foram desvendados pela ciência. Outros ainda desconcertam a humanidade. Um fato permanece: toda a sabedoria acumulada através dos tempos é apenas um arranhão na superfície da busca do homem pelo conhecimento do universo.

Na maior parte,  Deus retém seus segredos,  e o homem, ainda que nas pontas dos pés, pode compreender apenas uma pequena fração dos atos do Senhor.

Essa inabilidade de compreender plenamente os mistérios de Deus não diminui a fé cristã.  Pelo contrário, aumenta nossa crença.   Não entendemos o intrincado padrão das estrelas  em seu  curso, mas sabemos que Aquele que as criou entende, e, tão seguramente quanto Ele as guia, está planejando um caminho seguro para nós.

Nosso Deus e Pai, sinto-me sempre completamente assombrada  ante tua magestade e brilho . Admito a minha total ignorância , não compreendo os mistérios do teu universo.  Teu conhecimento  e sabedoria me deixam subjugada e maravilhada.   No entanto, agradeço-te por me revelares o segredo de que mais necessito –  o segredo da salvação através de Jesus Cristo, meu Senhor. Amém.

Read Full Post »

Older Posts »