Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\UTC 2009

“Abre a tua boca, julga retamente e faze justiça  aos   pobres e aos necessitados” Provérbios 31. 1-31

“Palavras do Rei  Lemuel,  a profecia que lhe ensinou sua mãe.     Como, filho meu?  E como,ó filho do meu ventre?   E como, ó filho das  minhas promessas?    Não dês às mulheres tua força,  nem é próprio dos reis, ó  Lemuel, não  é   próprio  dos reis   beber vinho, nem dos príncipes   desejar bebida  forte.       Para que não bebam,   e se esqueçam   do estatuto,   e  pervertam  o   juízo   de todos  os aflitos.  Dai bebida forte  aos que perecem,   e o vinho,   aos amargosos  de espirito;    para que bebam, e se esquecam  da sua pobreza,  e do seu trabalho n~ao se lembrem  mais.    Abre  a tua boca  a favor do mundo, pelo direito de todos os que se acham   em desolac ~ao.    Abre  a tua  boca,   julga retamente  e  faze   justica  aos pobres e necessitados.

A’lefe.  Mulher  virtuosa,   quem a achara’?    O seu  valor excede o de rubins.    Bete.  O corac~ao do seu marido  est’a nela confiado, e a ela nenhuma fazenda  faltara’.    Guimel.  Ela lhe faz bem  e n~ao mal, todos os dias de sua vida.   Da’lete.   Busca l~a  e linho  e trabalha de boa vontade  com as suas ma~os.      He .  E’ como o n’avio mercante: de longe traz o seu p~ao.   Vau.   Ainda de noite, se levanta e da’  mantimento `a sua casa  e a tarefa `as suas servas.   Zain.   Examina   uma herdade  e adquire-a,  planta uma vinha  com o fruto de suas mãos.    Hete.   Cinge os lombos de força  e fortalece os  braços.   Tete.   Prova e ve que   e’  boa  sua mercadoria,   a sua lâmpada  não se  apaga de noite.    Yode.   Estende as mãos ao fuso,   e as palmas  das mãos pegam na roca.    Cafe.  Abre  a mão  ao aflito,  e ao necessitado estende as mãos.     Lamede.    Não temera’,  por causa da neve, porque toda a casa anda forrada de roupa   dobrada.      Mem.  Faz  para si tapeçaria, de fino linho  e de purpura e’ a sua veste.   Nun .    Conhece-se o seu marido nas portas, quando se assenta com os anciãos da terra.    Sâmeq.   Faz panos de linho   fino, e vende-os, e da’ cintas  aos mercadores.   Ain.   A força  e a gloria   são as suas vestes, e ri-se  do dia futuro.    Pê.   Abre a boca com sabedoria, e a lei da beneficência  estã na sua lingua.    Tsade.    Olha pelo governo de sua casa e não come o pão da  preguiça.    Cofe.  Levantam-se   seus filhos  e chamam-na bem-aventurada,   como tambem seu marido,   que a louva dizendo.   Rexe.   Muitas filhas  agiram virtuosamente,  mas  tu a todos e’s superior.    Chim.   Enganosa e’ a graça, e vaidosa, a formosura, mas a mulher  que teme ao SENHOR, essa sera’ louvada.    Tav.   Dai-lhe   do fruto das suas mãos,   e  louvem-na  nas portas as suas obras.

Pouco se sabe a respeito de   Lemuel, a não ser que foi um rei que recebeu s’abios conselhos de sua mãe.   O nome dele significa   “dedicado a Deus”  .    Alguns crêem que Lemuel e Agur faziam parte do reino de Massa’, na região  norte da Arabia.

A embriguez de pessoas em uma grande dor poderia ser ate’  ser compreensivel,  porem e’ indesculpavel  quando  se trata de lideres.   O alcool   obscurece  a  mente   e pode  levar ‘a injustiça   e a decisões erradas.  As  pessoas que ocupam posições   de liderança e anestesiam  a si mesmas  com alcool,  comprometerão   seus principios morais e e’ticos.

Em Proverbios,  muito e’ revelado sobre as mulheres.   E’  bastante   adequado   que o livro fosse encerrado com  a descrição de uma melher de cara’ter,   grande sabedoria, muitas habilidades  e grande compaixão.   Algumas pessoas pensam que a mulher e’ aquela que vive  no  lar e tem  uma atitude   bastante abnegada  e servil.  Mas a mulher descrita neste capi’tulo alem de ser uma excelente dona de casa, esposa e mãe zelosa, fabrica, importa e vende produtos, faz tapeçaria e confecciona roupas para a familia, gerencia seus recursos financeiros, compra e vende imoveis,  planta e colhe sua lavoura.  Pore’m s ua força   e dignidade   não  vêm de suas surpreendentes realizações;   são o resultado   de sua reverência a Deus.    Em nossa sociedade,   onde a beleza fisica conta tanto,   podemos surpreender-nos  ao perceber que a aparência da  mulher virtuosa não e’  mencionada.   A  caua de ser atraente e’ exclusivamente o cara’ter dela.    A mulher descrita neste capi’tulo  tem habilidades  excelentes.   A  posição de sua familia  e’ elevada. Isto pode indicar  que não se trata de uma mulher, mas de um ideal de mulher.   Assim,  não conve’m imaginar   que conseguirão uma esposa   com   todos estes atributos, nem as mulheres  tentar imitar  esse modelo em todos os detalhes;   seus dias não são suficientemente longos para  fazer todas as atividades dela!    Veja-a como uma inspiração  para você ser tudo o que puder ser.   Talvez  não possa ser como  ela,  mas pode aprender  com seu trabalho, integridade e desenvoltura.

Senhor,   diante de tantas virtudes referidas,  qualquer mulher se sente aque’m, mas pela tua graça,   podemos aspirar alcançar uma vida virtuosa.  Orienta-me nessa empreitada, peço-te   em  nome de Jesus.  Ame’m.

Anúncios

Read Full Post »

“Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei, esse é bem aventurado” Provérbios  29.  18.

“O homem que muitas vezes repreendido  endurece a cerviz será quebrantado de repente sem que haja cura.  Quando os justos se engrandecem, o povo se alegra, mas quando o ímpio domina, o povo suspira.     O homem que ama a sabedoria alegra a seu pai, mas o companheiro de prostitutas  desperdiça a fazenda.   O rei  com juízo sustém a terra, mas o amigo  de subornos  a transtorna.    O homem  que lisonjeia a seu próximo arma uma rede aos seus passos.     Na transgressão do homem mau há laço, mas  o justo canta e regozija-se.  Informa-se o justo da causa dos pobres, mas o ímpio não compreende isso. Os homens escarnecedores abrasam a cidade, mas os sábios desviam a ira.  O homem sábio que pleiteia  com o tolo, quer se perturbe quer se ria,   não terá descanso.     Os homens sanguinários aborrecem  aquele que é sincero,  mas os retos procuram o seu bem.     Um tolo  expande a sua ira, mas o sábio a encobre e reprime.      O governador que dá a atençãoàs palavras mentirosas achará que todos os seus servos são ímpios.      O pobre e o usurário se encontram, e o SENHOR alumia os olhos de  ambos.   O rei, que julga os pobres conforme a verdade, firmará o seu trono para sempre.   A vara e a repreensão dão sabedoria, mas o rapaz entregue a si mesmo envergonha a sua mãe.     Quando os ímpios  se multiplicam, multiplicam-se as transgressões, mas os justos verão a sua queda.     Catiga o filho e te fará descansar e dará delícias à tua alma.    Não havendo profecia o povo  se corrompe;  mas o que guarda a lei, esse é bem-aventurado.     O servo não se emendará com palavras,  ainda que te entenda, não te atenderá.   Tens visto um homem precipitado nas suas palavras?   Maior esperança há de um tolo do que dele.     Quando alguém cria delicadamente um servo desde a mocidade, por derradeiro ele quererá ser seu filho.   O homem iracundo levanta contendas; e o furioso multiplica as transgressões.     A soberba do homem o abaterá,  mas o humilde  de espírito obterá honra.      O que  tem parte com  o ladrão aborrece a sua própria alma; ouve maldições não o denuncia.       O receio do homem armará laços,   mas o que confia no  SENHOR será posto em alto retiro.     Muitos buscam  face do príncipe,   mas o juízo de cada um vem do SENHOR.     Abominação é  para  os justos o homem iníquo, e abominação é para o ímpio o de retos caminhos.”   Provérbios 29. 1-27. Um governante  ímpio se acerca de conselheiros ímpios. Para  que um governo ou uma sociedade funcione bem,   precisamos de líderes sábios, bem informados  e preparados  para o poder, eles são difíceis   de encontrar.   O egoísmo  contamina.  Um empregado  que rouba a empresa arruina sua produtividade.    Um mo  torista que bebe antes de dirigir, torna as estradas inseguras.   Um cônjuge  que cometeu adultério,  frequentemente  destrói várias famílias.    Quando as pessoas,  sobretudo  os líderes, deveriam dar o exemplo, vivem para si mesmas, com poucas preocupação sobre como  suas ações afetam os demais,  a degradação  moral contamina  a nação inteira.  Você contribui para o problema ou para a  solução? Uma vez que a justiça  é parte do caráter de Deus, uma pessoa que o segue deve tratar os frutos da forma correta.   A  justiça é posta  em prática  a partir do momento  em que há preocupação com o que acontece  com os outros.   Um cristão não pode ser indiferente ao sofrimento humano,  porque Deus não o é.  E certamente  não deve contribuir para que alguém sofra devido a negócios egoístas ou à política  de um governo injusto.   Tenha a certeza de  estar mais preocupado com a justiça do que com os resultados financeiros e seu bem estar. Deus não ouvirá nossas orações se pretendermos cometer o mesmo pecado.   Quando abandonamos o mal e seguimos o pecado, Ele de boa vontade nos ouve a despeito de quão ruim  nosso pecado possa ter sido.  O que cerra nossos ouvidos, não é a gravidade do nosso erro,  é a nossa intenção secreta de tornar a cometê-lo. Os ricos frequentemente pensam que são maravilhosos;   por  acharem que não dependem dos outros,  atribuem a si mesmos o mérito por tudo o que fazem.   Mas este orgulho não tem valor.  Os pobres, porque dependem de Deus  para ajudá-los em suas lutas, podem  ter uma riqueza espiritual  que dinheiro  algum pode comprar.   Os bens materiais  podem ser perdidos ou roubados, mas não o bom caráter de uma pessoa.  Não tenha inveja dos ricos, o dinheiro pode ser a única coisa que eles têm. É  próprio da natureza humana esconder seus pecados  e ignorar os seus erros.   Mas como aprender, se não reconhecemos o que fazemos?    Para que serve um erro se não para nos ensinar uma lição?  Mas para aprender com um erro, você precisa admití-lo, confessá-lo, analisá-lo    e fazer mudanças para que não

Read Full Post »

“Toda palavra de Deus é pura;   escudo é para os que nele confiam.” Provérbios 30.5

“Palavras de Agur,  filho de Jaque, o oráculo. Disse este a Itiel e a Ucal:    Na verdade, que eu sou mais bruto  do que ninguém,  não tenho o entendimento do homem,  nem  aprendi a sabedoria, nem tenho o conhecimento do Santo.   Quem subiu ao céu e desceu?  Quem encerrou os ventos nos seus punhos?     Quem amarrou as águas  na sua roupa?   Quem  estabeleceu todas as extremidades da terra?    Qual é o seu nome,  e qual é o nome do seu filho, se é que o sabes?    Toda palavra é pura; escudo é para os que nele confiam.   Nada acrescentes às suas  para que não te repreenda,  e sejas   achado  mentiroso.   Duas coisas te pedi;  não mas negue, antes que morra:    afasta de mim  a vaidade e a palavra  mentirosa;    não me dês  nem  a pobreza pão nem a riqueza; mantém-me do pão  da minha porção acostumada;    para que, porventura, de farto não negue e diga:    Quem  é  o  SENHOR?   Ou, empobrecendo, venha  a furtar  e lançar mão  do nome de Deus.   Não calunies   o servo diante   do seu senhor, para que te não amaldiçoe e fiques culpado.       Há uma geração   que amaldiçoa a seu pai e não   bendiz   a sua mãe.   Há uma   geração  que  é   pura  aos olhos  e que nunca  foi lavada   da  sua imundície.  Há  uma geração que é pura a seus olhos e   que nunca foi  lavada da sua imundície.    Há uma geração   cujos  olhos  são   altivos e cujas pálpebras sãolevantadas para cima.    Há uma geração cujos dentes  são espadas   e cujos queixais   são facas,  para consumirem   na terra   os aflitos e os necessitados   entre os homens.   A  sanguessuga tem  duas filhas, a saber:   Dá, Dá.     Estas três coisas nunca se fartam:   e nunca dizem basta;     a sepultura,  a madre estéril,  a terra, que não se farta de água,   e o fogo,   que nunca diz:    Basta.      os olhos  que zombam do pai, ou desprezam  a obediência  da ,  corvos do  ribeiro  os arrancarão,   e os pintãos da águia   os comerão.   Há três  coisas que me maravilham e a quarta não a conheço;    o caminho da águia no céu,    o caminho da cobra na penha,   o caminho do navio no meio do mar e o  caminho de um homem com uma virgem.   Tal é o caminho da mulher adúltera:   ela come, e limpa a diz.  Não cometi maldade.    Por três coisas se alvoroça a terra, e quarta  não a pode suportar:      pelo servo, quando reina; e pelo tolo quando   anda farto de pão;     pela mulher aborrecida, quando se casa; e pela serva,   quando fica herdeira  da sua senhora.  Estas  quatro coisas  são das mais pequenas  da terra,  mas  sábias,  bem providas de sabedoria.  As  formigas  são um povo  impotente;    todavia,   no verão prepara a sua comida;  os coelhos são um povo débil;    e contudo fazem as casas nas rochas;    os gafanhotos não tem rei; e contudo  saem e  em bandos se repartem;    a aranha, que se apanha  com as mãos e   está nos  paços dos reis.    Há   três que têm um bom andar ,   e o quarto passeia muito bem;     o leão, o mais forte entre os animais, que por ninguém torna atrás;    o cavalo   de guerra,   bem cingido; o bode também:  e  o rei, a quem não se pode resistir.  Se procedeste loucamente, elevando-te,  e se imaginaste o mal,   põe a mão na boca.   Porque o espremer  do leite  produz manteiga,   e o espremer do nariz   produz sangue,  e o espremer   da ira    produz  contenda.

Agur,  sábio professor vndo do reino de Lemuel.

Pelo fato de Deus  ser infinito,  certos aspectos de sua natureza, serão sempre  serão  um mistério,  como em Jó   38  a 41.

Alguns estudiosos   pensam que o filho referido aqui é o Filho de Deus,  o  Messias   que antes da fundação do mundo,   participou da Criação do Mundo.    A passagem de Colossenses 1.16, 17 ensina  que  Cristo esteve presente na criação do mundo.

Ter excesso  ou falta de dinheiro, pode ser perigoso.   Ser demasiadamente  pobre pode significar  um  risco  para a saúde   física e espiritual.   Por outro, ser rico  não garante esses bens  a uma pessoa.   Como  Jesus asinalou,  os que confiam nas riquezas têm dificuldade de entrar no Reino de   Deus.  (Mateus,19.23,24).  Como Paulo, podemos aprender a viver   tendo pouco ou muito (Filipenses   4.12), mas nossa vida poderá  ser mais bem sucedida se não tivermos nem a pobreza nem a riqueza.

No verso  13  –  Este  texto exorta as pessoas  orgulhosas  e altivas   que tratam as demais com desprezo.   Nos  versos 11. 14  são descritas   quatro atitudes dos arrogantes.

A frase “estas três coisas nunca se fartam,  e quatro nunca dizem: Basta!” é um modo poético  de dizer   que a lista não está completa.   O escritor desses provérbios, obervou o mundo o mundo com interesse especial.  Nos versos 15-31, há um convite  para olharmos a natureza  sob a perspectiva de um cuidadoso pesquisador.

As formigas   podem ensinar-nos sobre a diligência;   os coelhos sobre a sábia construção;  os gafanhotos,  sobre a cooperaçao e a ordem,    e a aranha sobre a intrepidez.

Senhor, tu nos ensinas que devemos bucar o equilibrio em nossas vidas,  e ele vem do bom senso, que nos proporciona a sabedoria. Que possamos, pela tua graça sermos santos um dia.  Por Jesus.   Ame’m.

Read Full Post »

” Os homens maus,  não entendem o juizo,   mas o que buscam  o SENHOR entendem tudo.” Proverbios 28. 5

“Fogem os impios,   sem que ninguem  os persiga,  mas qualquer  justo esta’ confiado   como  o filho como o filho  do leão.   Por causa da transgressão  da terra,  muitos são os seus principes,  mas, por virtude de homens  prudentes e sabios,  ela continuara’.    O homem pobre que  oprime os pobres, e’ como   chuva impetuosa,  que  não deixa nenhum  trigo.   Os que deixam a lei louvam o i’mpio,  mas os guardam a lei   pelejam contra eles.      O homens  não entendem o juizo,  mas os que buscam   o  SENHOR  entendem   tudo.   Melhor e’ o pobre,   que anda  na sua sinceridade    do que o de caminhos  perversos, ainda que seja  rico.     O que guarda  a lei   e’ filho   sabio, mas o companheiro dos comilões   envergonha a seu  pai.     O que aumenta a sua fazenda   com usura e onzena   ajunta-a para o que se compadece do pobre.       O   que desvia os seus de ouvir a lei,  ate’ a sua oração sera’  abomina’vel.   O que faz com que   os retos  se desviem para um mau caminho, ele mesmo  caira’ na sua cova, mas os sinceros herdarão o bem.     O homem rico e’ sabio  aos seus proprios , mas o  pobre que  e’ sabio o examina.    Quando os justos   triunfam,  ha’ grande   alegria, mas quando os impios sobem, os homens escondem-se.   O que encobre as suas transgressões  nunca prosperara’, mas o que as confessa e deixa  alcançara’    misericordia.  Bem-aventurado o homem que continuamente teme,  mas o que endurece o seu coração vira’  a cair  no mal.   Como leão bramidor  e urso faminto,  assim e’ o impio que dominara’ sobre  um povo pobre.    O principe falto de inteligência    tambem multiplica  as opressões,   mas   o   que aborrece  a avareza  prolongara’ os seus dias.    O homem carregado do sangue  de qualquer pessoa    fugira’   ate’  a cova, ninguem o detenha.   O  que anda sinceramente  salvar-se-a’,  mas o perverso em seus caminhos  caira’ logo.     O que lavrar a sua terra  vira’ a fartar-se de pão,   mas o que segue a ociosos   se fartara’ de pobreza.   O homem   fiel   abundara’   em bênçãos,    mas o que  se apressa a enriquecer   não ficara’   sem castigo.   Ter respeito   a aparência   de pessoas não e’ bom,   porque ate’  por um bocado de pão o homem prevaricara’.   Aquele que tem um  olho mau  corre atras das riquezas, mas não sabe  que ha’ de vir sobre ele a pobreza.     O que repreende  ao homem  achara’  depois  mais favor   do que  aquele  que lisonjeia com a lingua.      O que rouba a seu pai ou a sua mãe  e diz:  Não hã transgressão,  companheiro e’  do   destruidor.    O altivo  de ânimo levanta   contendas,  mas o que confia n o SENHOR  engordara’.   O  que confia   no seu proprio  coração  e’ insensato,   mas  o que anda sabiamente   escapara’.      O   que da’ ao pobre   não tera’  necessidade, mas o que esconde os olhos   tera’   muitas   maldições.    Quando  os impios sobem,  os homens se escondem, mas quando eles perecem,   os justos   se multiplicam.

Read Full Post »

“Não abandones o teu amigo, nem o amigo do teu pai, nem entres na casa do teu irmão no dia da tua adversidade; melhor é o vizinho perto do que o irmão longe” Provérbios  27.10

“Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que produzirá o dia.      Louve-te o estranho, e não a tua boca, o estrangeiro, e não os teus lábios.    Pesada é a pedra, e  a areia também;  mas a ira do insensato  é mais pesada do que elas ambas.      Cruel é o furor e a  impetuosa ira, mas quem parará perante a inveja?    Melhor é a repreensão aberta, do que o amor encoberto.    Fiéis são as feridas feitas pelo que ama, mas os beijos do que aborrece são enganosos.   A alma farta pisa o favo de mel, mas à alma faminta todo amargo é doce.      Qual ave que vagueia longe do seu  ninho, tal é  o homem que anda vagueando longe do seu lugar.    O óleo  e o perfume alegram  o coração; assima doença do amigo, com o conselho  cordial.     Não abandones o teu amigo, nem o amigo do teu pai, nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade;    melhor é o vizinho perto do  que o irmão longe.   Sê sábio, filho meu, e alegra o meu coração,  para que tenha alguma coisa que me responder àquele que me desprezar.    O avisado vê o mal e esconde-se;    mas os simples passam e sofrem a pena.     Quando alguém fica por fiador do estranho, toma-lhe  tua a sua roupa e penhora-o  pela estranha.   O que  bendiz ao seu amigo em alta voz, madrugando pela manhã,  por maldição se lhe contará.   O gotejar contínuo no dia de grande chuva e a mulher rixosa, um e outro  são semelhantes.     Aquele que a contivesse, conteria o vento;  e a sua destra   acomete  o óleo.    Como o ferro com o ferro se aguça, assim o homem afia o rosto do seu amigo.    O que  guarda  a figueira comerá do seu fruto;  e o que vela pelo seu senhor será honrado.   Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem.      O inferno e a perdição nunca se fartam, e os olhos do  homem nunca se satisfazem.      O crisol é para a prata, e o forno para o ouro, e o homem é provado pelos louvores.      Ainda que pisasses o tolo com uma mão de gral entre grãos de cevada pilada, não se iria dele a sua estultícia.   Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; põe o teu coração sobr o gado.    Porque as riquezas não duram para sempre;   e duraria a coroa de geração em geração?       Quando se mostrar a erva, eaparecerem os renovos, então ajunta as ervas dos montes.    Os cordeiros serão para te vestires, e os bodes, para o preço do campo.   E haverá bastante leite de cabras para o teu sustento, para sustento da tua casa e para o sustento das tuas criadas.”                                                                                                                                                                                                                             Provérbios, 27 1-27

Quem prefere as  feridas de um amigo aos beijos de um inimigo?   Qualquer um que considere o porquê de tais atitudes. Um amigo lhe deseja  o bem, por isso tem que falar  a verdade e, às vezes, dar um conselho que desagrade sua expectativas; mas você sabe que é para seu bem. um inimigo, ao contrário, pode sussurrar palavras doces e direcioná-lo para a ruína.  Temos a tendência de ouvir somente o que queremos, ainda que um inimigo seja o único a falar. Contudo,  o conselho de um amigo é muito melhor, a   despeito de quão doloroso  seja!

Murmurações, insistentes súplicas, apelos e uma série de perturbações semelhantes   são formas de tortura. As pessoas utilizam esses recursos, porque pensam não estar conseguindo o que querem,  porém isso dificulta a comunicação ao invés de ajudá-la. quando se sentir tentado a adotar essas estratégias destrutivas, pare e examine as suas motivações. Você está muito preocupado consigo mesmo ou com a pessoa com quem preende se comunicar?   Se você estiver verdadeiramente preocupado com os outros, pense em um meio mais eficaz de conseguir chegar a eles.   Surpreenda-os com palavras de paciência e amor e observe os resultados.
O elogio testa uma pessoa da mesma maneira que o fogo prova um metal.  Como o elogio o afeta?   Você trabalha para obtê-lo e depois que o recebe trabalha ainda mais  ou não?   Sua atitude em relação aos elogios diz muito sobre o seu caráter.  As pessoas íntegras não são influenciadas pelos louvores. Tem suas convicções e cumprem seu dever independente de serem ou não elogiadas.

Pelo fato da vida ser incerta,  devemos  ser ainda mais diligentes quanto ao futuro.   Convém agir com previsão, prestando particular atenção ao nosso lar, nossa família, nossa carreira.  Devemos ser servos responsáveis, como um fazendeiro é com suas terras e rebanhos.  Para o povo de Deus, pensar no futuro é um dever, não uma opção.

Senhor,   ensina-me a ser como tu queres que eu seja. A ser sensata, previdente, ter auto-domínio e imune a qualquer opinião que não seja a tua. Por Jesus, peço-te. Amém.


Read Full Post »

Como o louco que lança de si faíscas, flechas e mortandades, assim e o homem que engana a seu   pr’oximo, dizendo:  Fiz isso por brincadeira. ” Provérbios 26. 18-19

“Como a neve no verão e  como a chuva na sega, assim não é conveniente  ao louco a honra.    Como o pássaro no seu vaguear, e como a andorinha no seu vôo, assim  a maldição em causa não virá.   O açoite é para o cavalo, o freio, para o jumento, e a vara, para as costas dos tolos.      Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia,  para que também não te faças semelhante a ele.     Responde ao tolo segundo a sua estultícia, para que não seja sábio  aos seus olhos.    Os pés corta e o dano bebe quem quem manda mensagens pelas mãos de um tolo.    Como as pernas do coxo, que   pendem  frouxas, assim é o provérbio na boca dos tolos.       Como o que prende a preciosa na funda, assim é o provérbio na boca dos tolos.     Como o espinho que entra na mão do ébrio, assim é o provérbio na boca dos tolos.    Como um besteiro que a todos  espanta, assim é o que assalaria os tolos e os transgressores.  Como o cão que torna ao seu vômito, assim é o que reitera a sua estultícia.     Tens visto um homem que é sábio a seus próprios olhos?    Maior  esperança  há no tolo do que nele.   Diz o  preguiçoso:   Um leão está no caminho;   um leão  está nas ruas.     Como a porta se revolve nem seus gonzos, assim o preguiçoso, na sua cama.    O preguiçoso esconde a mão  no seio; enfada-se de a levar  à sua boca.    Mais sábio é o preguiçoso a seus olhos do que homens  que bem respondem.      O   que, passando, se mete em questão alheia, é como o louco que lança de sí faíscas, flechas e mortandades, assim é o homem que engana o seu próximo e diz:  Fiz isso por brincadeira.   sem lenha, o fogo  se apagará;  e, não havendo maldizente, cessará  a contenda.    Como o carvão é para o borralho,    e  a lenha, para o fogo, assim é o homem contencioso para atender rixas.    As palavras do maldizente são  como deliciosos  bocados, que descem ao íntimo do ventre.     Como o caco coberto de escórias   de prata,  assim são os lábios ardentes e o coração maligno.     Aquele que aborrece dissimula com os seus lábios, mas no seu  interior encobre o engano.     Quando te suplicar com a sua voz,    não te fies nele, porque sete abominações há no seu  coração.     Ainda que o seu ódio se encobre com engano, a sua malícia se descobrirá  na congregação.      O que faz uma cova nela cairá;  e o que revolve a pedra, esta sobre ele rolará.     A língua falsa aborrece  aquele a quem ela tem maravilhado, e a boca lisonjeira opera a ruína.

DILIGÊNCIA E PREGUIÇA

Provérbios deixa claro que a diligência – estar disposto a trabalhar arduamente e a fazer o melhor em qualquer trabalho que lhe é dado –  é uma parte vital de um viver sábio. Trabalhamos arduamente não para nos tornarmos ricos, famosos ou admirados (embora estes possam ser subprodutos desta atitude), mas para servir a Deus com  melhor de nós, durante a nossa vida.

A expressão “a maldição sem causa não virá” significa que a maldição  não tem efeito sobre o justo.

Os versos  4 e 5 parecem estar em contradição.   Mas o autor alertou-nos  de que não devemos levar os tolos a sério e tentar discutir seus  argumentos vazios.   Isto   só fará com que se sintam orgulhosos  e determinados a vencer a discussão.  Em algumas situações,  não se deve sequer responder aos tolos,  por não ser possível  ensiná-los. Optar por responder-lhes é rebaixar-se.  Os tolos ofenderão aqueles que os confrontarem, e estes, por sua vez, serão tentados a ofendê-los, em retribuição.    Mas existem outras situações em que seu bom senso o levará a responder a fim de expor o orgulho e a loucura dos tolos.

No verso 7,  encontramos um provérbio, que muitas pessoas não absorverão muita sabedoria ao lê-lo.   Somente os que querem ser sábios terão a atitude receptiva necessária para tirar o maior  proveito deles.    Se realmente quisermos aprender de Deus, Ele responderá e se mostrará  favorável a nós  (Provérbios  1.23)

V.8.  –  Às vezes, quando alguém causa discórdia e dissensão  em um grupo, o líder procura torná-lo, leal e produtivo,  dando-lhe um lugar de previlégio ou responsabilidade.   Mas isto normalmente não funciona. É como atirar uma pedra com uma funda;  ela não ir’a a lugar algum,  voltar’a e o ferir’a.

Senhor, dificil  ‘e  viver com sabedoria. Apenas com a tua graca o poderemos . Concede-nos esta gra’ca.  Em nome de Jesus to pedimos.   Am’em.

Read Full Post »

“O vento norte afugenta a chuva, e a língua fingida, a face irada” Provérbios 25.23

“Também estes são provérbios de Salomão, os quais transcreveram os homens de Ezequias, rei de Judá.    A glória de Deus é encobrir o negócio, mas a glória dos reis é tudo investigar.  Para a altura dos céus, e para a profundeza da terra, e para o coraçào dos reis, não há investigação alguma.   Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor.   Tira o ímpio da presença do rei, e o seu trono se firmará na justiça.    Não te glories na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;  porque melhor é o que te digam:  Sobe para aqui, do que seres humilhado diante do príncipe a quem já os teus olhos viram.    Não te apresses a litigar, para depois, ao fim, não saberes o que hás de fazer, podendo-te confundir o teu próximo.   Pleiteia a tua causa com o teu próximo mesmo e não descubras o segredo do outro;   Para que não te desonre o que o ouvir, não se apartando de ti a infâmia.    Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim  é a palavra dita a seu tempo.    Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro fino, assim é o sábio repreensor para o ouvido ouvinte.    Como frieza de neve no tempo da sega, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviamm;  porque alegra a alma dos seus senhores.      Como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba falsamente de dádivas.   Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda quebranta os ossos.    Achaste mel?   Come o que te basta:  para que, porventura, não te fartes dele e o venhas a vomitar. Retira o pé da casa do teu próximo, para que se não enfade de ti e te aborreça.    Martelo, e espada, e flecha aguda é o homem que levanta falso testemunho contra o seu próximo.     Como dente quebrado e pé deslocado, assim é a confiança no desleal, no tempo da angústia.     O que entoa canções junto ao coração aflito é como aquele que se despe num dia de frio e como vinagre sobre salitre.     Se o que te aborrece tiver fome, dá-lhe pão para comer;   e, se tiver sede, dá-lhe água para beber,  porque assim, brasas lhe amontoarás sobre a cabeça; e o SENHOR to pagará.       O vento norte afugenta a chuva, e a língua fingida, a face irada.    Melhor é morarnum canto de umas águas furtadas do que com a mulher rixosa numa casa ampla.     Como água fria para uma alma cansada, assim são as boas novas de terra remota. Como fonte turva e manancial corrupto, assim são as boas-novas de terra remota.   Comer muito mel não é bom;  assim, a investigação da própria glória não é glória.    Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

Os provérbios do livro da Sabedoria, nos capítulos 25 a 31,  foram compilados pelos ajudantes de Ezequias.  Embora todos nós possamos aprender com esses provérbios, muitos foram originalmente dirigidos ao rei ou àqueles que lidavam com ele. São particularmente úteis para aqueles que são líderes ou que aspiram à liderança.   O livro termina com a descrição de uma esposa verdadeiramente virtuosa, que te, e põe em prática a sabedoria divina.

A história de Ezequias é contada em 2 Reis 18-20;  2 Crônicas 29-32 e Isaias 36-39. ele foi um dos poucos reis de Judá que honrou o Senhor.   Em contraste, seu pai Acaz,  fechou as  portas do templo. Ezequias restabeleceu o culto no templo, destruiu os locais de adoração dos ídolos e conquistou o respeito das nações vizinhas.   Não é surpreendente que Ezequias tenha providenciado a tanscrição dos provérbios de Salomão, que foram lidos para todos. “em toda a obra que começou no serviço da casa de Deus, na lei e nos mandamentos, para buscar a seu Deus. Ezequias com todo o coração o fez e prosperou. ( 2 Crônicas 31.21)

Jesus citou o provérbio inserto nos versos 6/7, (ver Lucas 14.7-11).   Não devemos buscar a honra para nós mesmos. É melhor fazermos a tarefa que Deus nos designou de modo discreto e fiel!    À medida que outras pessoas perceberem a qualidade de nosso serviço, prestarão atenção em nós.

É difícil encontrar pessoas em quem realmente possamos confiar.   Um empregado fiel é pontual, responsável, honesto; trabalha com afinco. Uma pessoa como esta tem valor, inestimável, porque ajuda realmente seu patrão. Identifique o que seu chefe precisa que você faça para facilitar o trabalho dele, e dedique-se.

A maioria das igrejas, organizações missionárias e grupos cristãos depende de ofertas voluntárias para manter seu ministério. Porém muitos que prometem contribuir não o fazem. A palavra de Deus é muito clara sobre o efeito desta atitude.  Se você fizer um voto, mantenha  e cumpra aquilo  que prometeu.

Mentir a respeito de alguém é uma atitude cruel. Isso pode causar  um eleito tão doloroso quanto o de uma ferida não cicatrizada. Da próxima vez que se sentir tentado a espalhar uma fofoca, imagine que está ferindo a  vítima de seus comentários com uma espada. Esta imagem pode chocá-lo e levá-lo a silenciar.

A forma de retaliação que Deus exige que pratiquemos em relação aos nossos inimigos é mais efetiva, porém difícil de ser desempenhada. Ela foi confirmada por  Jesus quando Ele nos exortou a orar por aqueles que nos magoassem (Mateus 5.44). Paulo reforçou este ensinamento quando citou este provérbio (v. 21,22), em Romanos 12. 19-21.  ao retribuir o mal com o bem, reconhecemos Deus como o justo Juiz que julgará todaas as causas.

Assumir compromissos com os ímpios significa colocar do lado certo nossos padrões em relação ao que é certo e errado. Ninguém pode ser ajudado por alguém que se mostra intransigente com  a impiedade. (v. 26)

Buscar honras é prejudicial.  Esta atitude pode tornar a pessoa amaargurada, desencorajada ou irada, caso não receba as recompensas que imagina merecedora. Prender-se ao que deveria ter recebido, pode fazer com que ela perca a satisfação de saber que fez o melhor possível.

Embora os muros  da cidade restringissem a entrada e a saída dos habitantes, estes se sentiam seguros por tê-los.   Sem os muros , estariam vulneráveis a ataques de grupos de saqueadores que passassem pela cidade. Certamente o autocontrôle  nos limita, porém é necessário.  Uma pessoa fora de controle está aberta a todos os tipos de ataques do inimigo. Pense a respeito do domínio próprio com um muro que serve para sua proteção.

O que dizemos provavelmente  afeta mais pessoas do que qualquer outra ação. Não é surpresa, então, perceber que o livro de Provérbios dá especial  atenção às palavras e ao modo como são usadas.  Os quatro padrões de fala mais comuns são descritos. Os dois primeiros devem ser copiados, enquanto os dois últimos devem ser evitados.

A língua Controlada – Aqueles que têm este padrão de fala, pensam antes de falar, sabem quando o sil6encio é melhor e dão conselhos sábios.;     A língua Cuidadosa – Aqueles que têm este padrão de fala dizem a verdade, enquanto procuram encorajar:        A língua Enganadora – Aqueles que tem este padrão de fala são cheios de motivações erradas, visam à fofoca, à calúnia e têm um desejo de distorcer a verdade;     A língua Descuidada –  Aqueles que têm este padrão de fala proferem mentiras, maldições, palavras irascíveis, que podem levar a rebelião e à destruição.

Senhor, que as minhas palavras sejam de uma língua controlada e cuidadosa, que sempre haja bênçãos sendo proferidas da minha boca. Peço a tua graça. Em nome de Jesus. Amém.

Read Full Post »

Older Posts »